Dia Nacional de Conscientização e Divulgação da Fibrose Cística

O Dia Nacional de Conscientização e Divulgação da Fibrose Cística é comemorado nessa quarta-feira, 05/09, e possui o objetivo de conscientizar não somente os pacientes, mas principalmente os responsáveis ligados à área da saúde com relação aos métodos de prevenção da doença que, além de genética e crônica, também pode ser chamada de mucoviscidose.

Você sabia que a Fibrose Cística é considerada a doença genética grave mais recorrente de todo o período o infantil?

Taxada como uma das doenças mais graves e que pior acomete o público alocado na faixa etária infantil, a fibrose cística (ou, conforme adiatado, muscoviscidade) é um mal que afeta o pâncreas, os pulmões e todo o sistema digestivo. A nível de estatísticas, a muscoviscidade também é considerada uma doença que atinge cerca de 70 mil pessoas em todo o mundo. Aliás, é também por essa relevante incidência que a data em alusão e combate à doença se faz tão necessária.

Como a doença se dá?

Em linhas gerais, a Fibrose Cística se dá a partir da percepção de um gene defeituoso e da proteína por ele produzida. Ambos são capazes de fazer com que um determinado organismo produza muco de 30 a 60 vezes mais espesso que o usual, fazendo com que haja um acúmulo de germes e bactérias nas vias respiratórias. Na prática, esse aumento do número de impurezas pode causar inchaços e infecções, resultado em danos sem precedentes aos pulmões e, de quebra, ainda podendo gerar doenças de grave consideração (como pneumonia e bronquite, por exemplo).

Sintomas da doença

Embora absolutamente variáveis, os principais sintomas da Fibrose Cística podem ser representados pelos seguintes tópicos:

  • Tosses persistentes e carregadas de catarro;
  • Infecções pulmonares frequentes (como bronquite e pneumonia);

Falta de fôlego e/ou chiados no peito.

Facebook Comments

Posts Relacionados

Deixe o seu comentário