O HPV pode ser detectado através da presença de verrugas dispersas por diferentes partes do corpo

Doença que normalmente incide sobre a pele e as mucosas do paciente, o HPV (sigla originada no termo inglês que significa “Papiloma vírus humano”) pode ser percebido por meio de verrugas e demais lesões classificadas como precursoras de cânceres como o de colo de útero, ânus e garganta. Considerada uma doença sexualmente transmissível, o HPV consiste em um tipo de vírus que pode ser transmitido através de pele com pele.

No que diz respeito às incidências da doença, é comum que, ao longo do primeiro contexto sexual, cerca de uma em cada dez mulheres cheguem a entrar em contato com o vírus. Se essa proporção for considerada ao longo de todo o período da vida fértil de homens e mulheres, as estatísticas passam a ser ainda mais alarmantes e envolver a tese de que, na prática, entre 80 e 90% da população pode ser capaz de entrar em contato com o HPV sem que, para isso, necessariamente as lesões originadas na doença tenham de ser desenvolvidas.

Por fim, também é necessário compreender que mais de 90% das pessoas conseguem extinguir o vírus do organismo naturalmente sem que, para alcançar tal feito, manifestações clínicas sejam percebidas.

Você os fatores de risco que existem por trás do HPV?

Por se tratar de uma doença taxada como sexualmente transmissível, poucas informações a respeito das incidências do HPV são mais valiosas do que a compreensão dos fatores de risco que existem por trás da doença. Para que você conheça os mais importantes deles, confira a lista abaixo:

  • Sexo sem qualquer tipo de proteção;
  • Vida sexual precoce;
  • Não realização de exames de rotina;
  • Rotatividade de parceiros.

Você sofre com alguns problemas ligados ao HPV? Se sim, não espere mais para contatar um especialista nesse tipo de doença. Clique aqui!

 

Facebook Comments

Posts Relacionados

Deixe o seu comentário