Síndrome dos ovários policísticos: você sabe do que se trata?

Considerada uma das síndromes que mais interfere na rotina das mulheres presentes na faixa etária classificada como reprodutiva, a síndrome dos ovários policísticos consiste em uma espécie de distúrbio hormonal que, por razões óbvias, acomete somente as pessoas do sexo feminino.

Tecnicamente, a doença é facilmente observada através do aumento da dimensão dos ovários. Normalmente, essa elevação do tamanho do órgão é acompanhada da criação de algumas bolsas cheias de líquido (que recebem o nome de cistos). Por fim, também é comum perceber que, em algumas ocasiões específicas, a síndrome dos ovários policísticos pode ser conhecida como síndrome de Stein-Leventhal.

Causas desconhecidas e a incidência em adolescentes: conheça mais detalhes a respeito da síndrome dos ovários policísticos

No que diz respeito às causas que melhor são capazes de originar a presença da síndrome dos ovários policísticos, a lista que contempla as principais delas ainda é muito vaga. Ou seja, a medicina moderna ainda não encontrou razões o suficiente para apontar de que maneira essa síndrome pode ser originada.

Por outro lado, no que trata ao sinal de alerta que precisa ser ligado pelas adolescentes que imaginam sofrer com a doença, os principais sintomas são apoiados em uma menstruação curta, irregular ou até mesmo inexistente.

A procura por ajuda médica

A partir do momento em que você perceber a presença de alguns sintomas ligados à doença (como o aumento no crescimento de pelos espalhados pelo rosto, acnes e menstruações irregulares ou, conforme adiantado, inexistentes), procure a ajuda de um médico especialista nesse tipo de doença. De forma exemplificada, os principais deles são representados pelos seguintes profissionais:

  • Ginecologista;
  • Obstetra;
  • Clínico geral;

Gostou de saber mais informações a respeito da síndrome dos ovários policísticos? Pois então clique aqui e agende uma consulta com um especialista no tratamento da anomalia agora mesmo.

 

Facebook Comments

Posts Relacionados

Deixe o seu comentário